"NUNCA ESCREVEREI UMA PALAVRA PARA LAMENTAR A VIDA..." - CORA CORALINA


"Nunca escreverei uma palavra para lamentar a vida.
Meu verso é água corrente, é tronco, é fronde.
É folha, é semente, é vida..."

Cora Coralina

Postagens mais visitadas deste blog

MAIAKÓVSKI – O POETA DA REVOLUÇÃO