Postagens

Mostrando postagens de 2017

"VIVER É RASGAR-SE E REMENDAR-SE" - FABÍOLA SIMÕES

Imagem
“Viver é um rasgar-se e remendar-se”-Guimarães Rosa
Por Fabíola Simões

Meus joelhos trazem marcas de uma infância bem vivida. Há o tombo da bicicleta na ladeira da igreja, o escorregão no barranco atrás da casa da vó, a queda brusca na travessia da rua de paralelepípedos do trabalho do pai. Olho para minhas cicatrizes e me lembro da dor que ficou lá atrás, junto com as histórias que desconstruí e voltei a escrever com uma caligrafia mais amadurecida. Tenho descoberto que, assim como Guimarães Rosa poetizou, “Viver é um rasgar-se e remendar-se”. Talvez ele já soubesse que a vida é feita de desconstruções e reconstruções, e que, ainda que nossas bainhas desfeitas nos causem tanta dor, outros arranjos serão possíveis no seu tempo, mostrando que jamais seremos os mesmos, mas isso também significa crescer. Estar “remendado” pela vida não nos torna mais tristes ou piores. Ao contrário, estar remendado quer dizer que evoluímos, que conseguimos lidar com nossos abismos e nos reerguemos, que ralamo…

AOS 24 ANOS,A INDIANA RUPI KAUR É FENÔMENO MUNDIAL COM SEUS TEXTOS FEMINISTAS

Imagem
Censurada pelo Instagram, Rupi Kaur é fenômeno com seus textos feministasAos 24 anos, a indiana Rupi Kaur escreve poemas sobre amor, abuso e feminismo e foi censurada pelo Instagram por uma série de fotos sobre menstruaçãoO nome pode não soar familiar, mas é provável que você saiba o motivo pelo qual Rupi Kaur se tornou um símbolo feminista. Em 2015, a jovem nascida na Índia e radicada no Canadá postou no perfil @rupikaur_ um autorretrato, parte de um projeto artístico, no qual aparece deitada de costas, com as calças e o lençol manchados de sangue. A imagem foi banida pelo Instagram, causando indignação a Rupi, que desabafou: “Não vou pedir desculpas por não alimentar o ego e o orgulho misógino de uma sociedade que aceita ver o corpo feminino de lingerie, mas não acha o.k. essa marca [de sangue menstrual]”. O protesto repercutiu entre seus seguidores (que hoje somam 1,1 milhão), extrapolou a internet e foi parar em jornais do mundo todo, levando a rede social a pedir desculpas pelo e…

TEM PESSOAS QUE NOS DESNUDAM SEM NOS TOCAR...- ELAINE LADEIRAS

Imagem
Tem pessoas que conseguem nos desnudar mesmo sem nos tocar. Elas são capazes de ler e decifrar nossos sentimentos mais profundos. Até mesmo aqueles que ainda não foram conduzidos por nós a consciência. São pessoas atentas, extremamente sensíveis e observadoras, que conseguem olhar além das aparências e assim, desvendar aquilo que o outro traz impresso em sua alma. Elaine Ladeiras